Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Colheitas da Fazenda: Agrião


Conheça agora o agrião, mais um cultivo exclusivo da Fazenda das Águas.

O nome científico do agrião é Nasturtium officinale, na sua definição ele se encontra na categoria de folhas e flores, Plantas Hortícolas e Plantas Aquáticas. Dentre os climas em que essa planta herbácea se dá bem podemos destacar o Mediterrâneo, Temperado, Continental, Equatorial, Oceânico, Subtropical e Tropical. A origem dessas folhas é a Ásia e a Europa e precisa de luminosidade de sol pleno para se desenvolver. O seu ciclo de vida é anual e perene, plantar agrião na sua horta pode ser uma boa opção. Essa é uma planta herbácea e perene que cresce bem rapidamente, uma curiosidade é que há muitos anos ela é utilizada como salada e também como planta medicinal. O seu caule é tenro, carnoso, verde, glabro e fistuloso (isso quer dizer que ele é oco). O agrião nos surpreende podendo alcançar bem facilmente 70 cm de altura. As folhas do agrião são alternadas, pecioladas e pinadas com cerca de 3 a 11 folíolos. As suas raízes principais e adventícias surgem dos nós do caule que fica submerso. No verão as inflorescências despontam e apresentam lindas flores brancas, com quatro pétalas cada.

Um dos motivos que afasta o agrião da mesa de muitas pessoas é o seu sabor, bastante picante não agrada a todos os paladares. O consumo do agrião pode ser feito cru, em saladas ou mesmo cozido, também refogado, em sopas e em outros pratos salgados. Além do consumo alimentício o agrião pode ser usado como planta medicinal. Para se ter uma ideia ele está presente na composição de um grande número de fitoterápicos populares como xaropes com mel e também compostos com outras plantas terapêuticas. Uma verdura rica em minerais como o ferro, iodo, cálcio e manganês bem como em vitaminas A, C e do Complexo B. Pela sua beleza é uma planta que pode ser usada com fins paisagísticos, pode ser cultivada em rios e lagos ornamentais. Um toque sustentável para o seu jardim uma vez que fornece alimento e também remédio. Trata-se de uma planta que funciona como um excelente abrigo para a avida aquática. Nesses casos é importante que o crescimento do agrião seja controlado, essa planta tem a capacidade de espalhar muito rapidamente.

O cultivo dessa planta que é perfeita tanto para a alimentação como para cuidados medicinais deve ser feito a pleno sol. O solo deve ser fértil e enriquecido com matéria orgânica, a irrigação diária é importante. Manter o solo inundado constantemente também é uma alternativa. Uma planta que aprecia água corrente e limpa, outro cuidado importante é adubar periodicamente. A colheita do agrião deve começar a ser feita com cerca de 50 dias do começo do verão e 70 do início do inverno. Vale destacar que essa planta aguenta até 4 cortes seguidos. Depois de 4 cortes é necessário reformar o canteiro, a multiplicação é feita por semenets e estaquia.

O agrião é recomendado como planta medicinal em casos de infecções respiratórias, bócio, atonia muscular, inflamações, infecções na pele, desnutrição, anorexia dentre outras enfermidades.

Dentre as propriedades especiais do agrião estão a função adstringente, antitérmica, anti-inflamatória, antitussígena, antiescorbútica, diurética, fluidificante, expectorante, cicatrizante, hidratante e descongestionante.

Toda a planta pode ser utilizada de forma medicinal.

O agrião pode ser usado sob a forma de suco in natura, xarope ou mesmo na forma de saladas.


Fonte: Site Cultura Mix (http://flores.culturamix.com/dicas/agriao-nasturtium-officinale-planta-comestivel-e-medicinal)

Novos Produtos da Oficina


Novos produtos chegaram para serem fabricados na oficina da Fazenda Feliz, especialmente para a missão "Oktoberfest".

Veja como fazê-los na página "Produtos da Oficina".

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Calendário de Outubro


Vem aí o calendário de outubro!
A partir de amanhã entre todos os dias no calendário para recolher as recompensas e no final ganhar uma máquina de molhos de carne. O molho de carne é feito com farinha de arroz (feita no moinho de tijolos ou no moinho do burro) e um outro ingrediente, que pode ser ovo, carne de boi, carne de porco, carne de galo, carne de peru, leite de dromedária ou cogumelo.

Mas atenção: é para entrar todos os dias no calendário para poder ganhar o prêmio. Se deixar de entrar um dia, poderá abrir depois com DR. Você acessa o calendário de outubro na Central de Tarefas, à direita da tela de jogo.

Agora esperamos que o calendário no Ojogos não demore tanto como no mês passado, porque no Facebook já vai começar amanhã.

Nova Missão: Segredos da Índia


Duração: 15 dias a partir da ativação.

A partir do nível 12.
  1. Ter uma árvore de Curry na fazenda (custa 500 ouros e dá folha de Curry a cada 8 horas). Recompensa: 100 ouros e 10 XP.
  2. Colher 3 folhas de Curry e completar a máquina de Curry. Recompensa: 120 ouros e 12 XP.
  3. Colher 40 cenouras e produzir 5 carnes ao Curry (cenoura + Curry + carne de boi na máquina de Curry). Recompensa: 150 ouros e 15 XP.
  4. Minijogo: achar o Darryl. Recompensa: 180 ouros e 18 XP.
  5. Coletar 50 carnes de galo e produzir 10 frangos ao Curry (cenoura + Curry + carne de galo na máquina de Curry). Recompensa: 200 ouros e 20 XP.
  6. Colher 60 centeios e coletar 3 bilhetes do Taj Mahal ao colher centeios. Recompensa: 220 ouros e 22 XP.
  7. Fazer 30 ações nas fazendas dos vizinhos. Recompensa: 250 ouros e 25 XP.

A partir do nível 26.
  1. Ter uma árvore de Curry na fazenda (custa 500 ouros e dá folha de Curry a cada 8 horas). Recompensa: 100 ouros e 10 XP.
  2. Colher 5 folhas de Curry e completar a máquina de Curry. Recompensa: 120 ouros e 12 XP.
  3. Colher 60 cenouras e produzir 7 carnes ao Curry (cenoura + Curry + carne de boi na máquina de Curry). Recompensa: 150 ouros e 15 XP.
  4. Minijogo: achar o Darryl. Recompensa: 180 ouros e 18 XP.
  5. Produzir 12 frangos ao Curry (cenoura + Curry + carne de galo na máquina de Curry) e 10 biscoitos de carambola. Recompensa: 200 ouros e 20 XP.
  6. Colher 70 centeios e coletar 5 bilhetes do Taj Mahal ao colher centeios. Recompensa: 220 ouros e 22 XP.
  7. Fazer 60 ações nas fazendas dos vizinhos e receber 10 Saris dos vizinhos. Recompensa: 250 ouros e 25 XP.

A partir do nível 40.
  1. Ter uma árvore de Curry na fazenda (custa 500 ouros e dá folha de Curry a cada 8 horas). Recompensa: 100 ouros e 10 XP.
  2. Colher 5 folhas de Curry e completar a máquina de Curry. Recompensa: 120 ouros e 12 XP.
  3. Colher 70 cenouras e producir 8 carnes ao Curry (cenoura + Curry + carne de boi na máquina de Curry). Recompensa: 150 ouros e 15 XP.
  4. Minijogo: achar o Darryl. Recompensa: 180 ouros e 18 XP.
  5. Produzir 20 lagostas ao Curry (cenoura + Curry + lagosta na máquina de Curry). Recompensa: 200 ouros e 20 XP.
  6. Colher 100 centeios e coletar 7 bilhetes do Taj Mahal ao colher centeios. Recompensa: 220 ouros e 22 XP.
  7. Fazer 100 ações nas fazendas dos vizinhos e receber 15 Saris dos vizinhos. Recompensa: 250 ouros e 25 XP.

Prêmio Final:
   ou
   


terça-feira, 30 de setembro de 2014

Cozinha e Outros Itens Ficam Menores


Como você pode perceber, a cozinha diminuiu de tamanho!
É isso mesmo! E além da cozinha, ficaram menores as máquinas de iogurte e de pizza light, os habitats do urso e da girafa do basquete, a dromedária africana e a rena de Noel, itens até então considerados muito grandes!


Isso significa mais espaço e mais comodidade para a sua fazenda!

Terra de Juncos


Chegou mais um item exclusivo da Fazenda das Águas: a terra de juncos.
Funciona igual ao poço de água: você compra e completa a terra de juncos e instala os juncos nos campos aguados para fazer os cultivos crescerem até 15%. Aumente o nível da terra de juncos para poder instalar mais juncos nos campos aguados.

Veja como completar e elevar os níveis da terra de juncos em "Completando Construções". O que acam de mais essa novidade?

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Bichos da Fazenda: Golfinho


Hoje, no quadro "Bichos da Fazenda", vamos falar do golfinho, um dos animais exclusivos da Fazenda das Águas.

Os golfinhos ou delfins são animais cetáceos pertencentes à família Delphinidae. São perfeitamente adaptados para viver no ambiente aquático, sendo que existem 37 espécies conhecidas de golfinhos dentro de água salgada e água doce. A espécie mais comum é a Delphinus delphis.
São nadadores privilegiados, às vezes, saltam até cinco metros acima da água, podem nadar a uma velocidade de até 40 km/h e mergulhar a grandes profundidades. Sua alimentação consiste basicamente de peixes e lulas. Podem viver de 20 a 35 anos e dão à luz um filhote de cada vez. Vivem em grupos, são animais sociáveis, tanto entre eles, como com outros animais e humanos.
Sua excelente inteligência é motivo de muitos estudos por parte dos cientistas. Em cativeiro é possível treiná-los para executarem grande variedade de tarefas, algumas de grande complexidade. São extremamente brincalhões, pois nenhum animal, exceto o homem, tem uma variedade tão grande de comportamentos que não estejam diretamente ligados às atividades biológicas básicas, como alimentação e reprodução. Possuem o extraordinário sentido de ecolocalização ou biossonar ou ainda orientação por ecos, que utilizam para nadar por entre obstáculos ou para caçar suas presas.